Notícias

Com especialistas de renome, 7º Workshop Abiam é palco essencial de conteúdo e discussão do setor

Em sua sétima edição, o Workshop Abiam realizado durante a FiSA reuniu especialistas de renome para discutir temas como regulação, evolução e tendências do segmento. O evento foi especial, pois marcou a comemoração aos 40 anos da Abiam. “O debate é o melhor caminho para a regulação eficiente do setor. A entidade representa esse setor e vejo a participação da Anvisa como essencial na discussão. É o terceiro ano que participo do workshop, sempre com resultados positivos”, afirmou Thalita Antony de Souza Lima, gerente-geral de Alimento da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), que proferiu a palestra “Perspectivas Futuras da GGALI”.

Ana Lucia Viana, diretora do DIPOA/SDA do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), também elogiou o workshop. “É uma forma de levantar as informações que são necessárias para que o setor consiga avançar e a gente seguir esses avanços, que são tendências mundiais, como das melhorias de processos, desburocratização. Então, levantar as demandas e receber um feedback do setor do que precisa melhorar é importante para facilitar o levantamento de informações”, afirmou. Ana Lucia falou sobre “A Nova Estrutura do DIPOA” em sua palestra.

Também foram palestrantes do evento o dr. Gonzalo Vecina Neto, professor-assistente da Faculdade de Saúde Pública da USP e primeiro presidente da Anvisa (com a palestra A Criação da ANVISA – Evolução da Regulamentação Sanitária), e Gustavo Beduschi, assessor técnico da Viva Lácteos (Associação Brasileira de Laticínios), com a palestra “Acordo Mercosul – União Europeia”).

Congressistas elogiaram o workshop. “Este evento é excelente. As empresas que mais participam do mercado pela busca de novos ingredientes, novos mercados e tecnologias estão aqui. Acredito que essas palestras com trocas de informações, principalmente com quem faz a regulamentação, são um grande ponto de divulgação, de interação entre indústria e governo para que as empresas possam melhorar os seus produtos, ter inovações, mais abertura de mercados diferentes no Mercosul e Europa”, afirmou Diego Cason, 37 anos, comprador, do Rio Grande do Sul.

                             

                             

                             Contato

                             Política de Privacidade

                             Mapa do Site

                             Login Diretório

                             Credenciamento

          

            

 

                              

  

Newsletter

Eu aceito receber comunicações da promotora e de parceiros.
Sim, li e concordo com a política de privacidade