VOCÊ É MAIS PRODUTIVO FAZENDO 15 MINUTOS DE VISUALIZAÇÕES DO QUE TRABALHANDO DURO DURANTE TODO EXPEDIENTE 

 

Hoje me deparei com uma versão muito semelhante da frase acima escrita por Abraham Hicks, em sua versão original o autor diz: “você é mais produtivo fazendo 15 minutos de visualizações do que trabalhando duro durante 16 horas”. O que você acha dessa afirmação? A frase parece exagerada, abstrata, intangível ou você está de acordo com a visão do autor? Se está, parabéns, significa que você já descobriu os benefícios de parar, respirar e se centrar no momento presente, se não está de acordo, não fique triste, eu também não concordaria com ela há uns anos, mas eu mudei e com certeza você também mudou neste período.  

Ler a frase mencionada no parágrafo anterior me fez refletir sobre o quesito produtividade em geral. Quantas e quantas vezes não conseguimos fazer o que temos que fazer porque nossa mente está ocupada, recebendo e tentando processar um milhão de tarefas ao mesmo tempo? Afinal de contas, além de profissionais, somos pais, filhos, amigos, temos nossos próprios interesses e vontades e, quase sempre, todas essas necessidades e a necessidade de todas as pessoas com quem nos relacionamos estão ali, querendo atenção e desejando serem tratadas com prioridade. Se identificou? Essa é a realidade de muitos e não é a toa que a ansiedade é considerada o mal do século, mas existem saídas.  

Conectando os dois parágrafos anteriores, recordei quão produtivos eram os meus dias em uma empresa onde pela manhã, antes de iniciar qualquer atividade, eu me sentava em um canto da sala para meditar por quinze minutos. Este curto período dedicado à respiração e à mentalização eram suficientes para que eu organizasse meu dia, minhas ideias e produzisse o que eu tinha que produzir com muito mais rapidez e afinco. Quando não conseguia por algum motivo realizar tal prática, tudo era diferente, demandava mais tempo e concentração. Estudos científicos devem provar os benefícios desses quinze minutos, mas não precisamos mencioná-los, pois estou descrevendo minha própria experiência.  

 

Mas o que acontece quando não fazemos isso?

Se você está lendo essa parte sabe melhor do que ninguém. Acontece o que está acontecendo com você. Falta de concentração, dificuldade para definir o que é prioridade, angústia, ansiedade e, como resultado, menor produtividade. Abrimos um e-mail e começamos a respondê-lo, daí somos interrompidos, abrimos outro e outro, saímos para uma reunião, voltamos e, quando nos damos conta, não terminamos o primeiro. Quem nunca? Brincadeiras a parte, comece a dedicar quinze minutos do seu dia para planejar o seu dia e suas ações, quando ver os resultados, motive outras pessoas a fazer o mesmo e verá como você, sua equipe e sua empresa estarão produzindo mais e melhor.    

Coluna

Qual a Dica do Mês?
by Eduardo Araújo