Notícias

Alta qualidade em território nacional

shutterstock 337770359

"Acabou aquela história de complexo de vida-lata. Agora as pessoas têm orgulho de comprar produtos brasuileiros. É só olhar esse festival", diz João Tavares, produtor de cacau gourmet (de alta qualidade), premiado duas vezes no Salon du Chocolat, um dos mais importantes do mundo.

Hoje, ele também fornce para o renomado chef francês Alain Ducasse, para a chef Jualiana Motter, da Maria Brigadeiro e para a gigante Harrods.

João é o pioneiro na retomada da produção de cacau no sul da Bahia, que foi devastada pela vassoura de bruxa, doença que dizimou a plantação nessa área nos anos 1980.

Terceira geração de cacauicultores, ele decidiu mudar o sistema de produção há dez anos e investir num cacau de alta qualidade (e não o commoditie para exportação), com cuidados de plantio, seleção, secagem e beneficiamento.

Com a qualidade, ganhou mercados dentro e fora do país. "Quando comecei esse movimento, me chamaram de louco", diz João.

O gerente da Supergasbras (distribuidora de gás), Paulo de Campos Coelho foi um dos que provou o chocolate feito com o cacau de João Tavares. "Gostei muito. Precisamos divulgar nosso produto e não deixar que ele seja vendido fora do país", diz. Paulo, que ficou três horas no festival e, para entrar, teve que comprar ingressos de cambistas por R$ 40, já que os ingressos para o evento se esgotaram por volta das 14h30.

Fonte: FOLHA

                             

                             

                             Contato

                             Política de Privacidade

                             Mapa do Site

                             Login Diretório

                             Credenciamento

          

            

 

                              

  

Newsletter

Eu aceito receber comunicações da promotora e de parceiros.
Sim, li e concordo com a política de privacidade