Notícias

Festa junina pode ser saudável

shutterstock 401480386

A festa junina uma das celebrações mais saborosas do Brasil, com milho, pipoca, pé-de-moleque, broa de fubá, canjica, caldos, além de muitas outras delícias. Para quem quer aproveitar e ainda cuidar da saúde, as festas juninas são, curiosamente, repletas de alimentos ricos em nutrientes.

O milho, por exemplo – base de tantas comidas típicas da época –, possui fibras que favorecem o funcionamento do organismo, explica Karin Honorato, nutricionista clínica, esportiva e funcional, da clínica Trinutrix.

Ela conta ainda que o amendoim é outra fonte nutritiva da festa. “Só é preciso ter cuidado com alguns alimentos que são associados ao açúcar, como pé-de-moleque, ou pamonha, no caso do milho. O segredo é ter controle na quantidade”, ressalta.

Outra dica importante é ficar de olho nos ingredientes e temperos usados para preparar os alimentos. “O caldo de carne industrializado possui muitos conservantes. Além disso, é preciso evitar carnes gordurosas e embutidos e partir para carnes magras de boi. O caldo de feijão fica gostoso do mesmo jeito”, afirma o médico ortoterapeuta Roberto Figueiredo, diretor da clínica Biocentro. “O torresmo, que acompanha os caldos, pode ser preparado separadamente e, quem quiser se alimentar melhor, não deve adicioná-lo ou pode comer um para matar a vontade”, ressalta o médico.

Outra dica é preparar o corpo antes e depois da festança, ingerindo muito líquido e alimentos leves, como frutas e verduras. Para quem for além da conta, um chá de limão pode ajudar na digestão. “Para o dia seguinte, (a pessoa) pode tomar de dez a 12 copos de líquido, como chás, água, limonada (sem açúcar), e evitar carboidrato”, orienta Figueiredo.

Mas os especialistas são unânimes em eleger um vilão à saúde, típico de festa junina: cachorro-quente. “A salsicha não deveria ser alimento, pois é toda feita de química. É cancerígena. Mas, já que não é um habito, todo mundo tem direito (de consumir) às vezes. E manter uma alimentação saudável ajuda a eliminar essas toxinas”, completa Karin.

Fonte: O Tempo

informa exhibition 01 branco

  

 

 

Filiada à     

 ubrafe branco

                             

                             

                             Contato

                             Política de Privacidade

                             Mapa do Site

                             Login Diretório

                             Credenciamento

          

            

 

                              

  

Newsletter

Eu aceito receber comunicações da promotora e de parceiros.
Sim, li e concordo com a política de privacidade