Notícias

baixo teor alcoólico - Mintel

O Brasil está pronto para mais opções de baixo teor alcoólico

“O mercado brasileiro precisa de mais opções de bebidas com baixo teor alcoólico para expandir as opções para adultos que estão aderindo à tendência mundial de consumo moderado de álcool.”

O consumo moderado de álcool está na moda no Brasil — por duas razões diferentes

Cerca de 40% dos adultos que consomem álcool no Brasil estão reduzindo esse consumo ou despesa. O desejo de consumir menos ou gastar menos com álcool é uma tendência mundial que atinge adultos maiores de idade, que buscam mais opções de bebidas com álcool moderado e que sejam mais adequadas a seus objetivos de saúde e bem-estar, e pela sua necessidade de economizar ou de manter o controle. No Brasil, a conscientização sobre a saúde e os gastos é uma das motivações principais para a redução de compras de bebidas álcool.

grafico 1 Mintel

Brasil: redução no consumo e compra de álcool, por faixa etária, janeiro 2018

18-24 anos de idade / 25-34 anos de idade / 35-44 anos de idade / 45-54 anos de idade / Acima dos 55 anos de idade

% de adultos brasileiros consumidores de álcool / Limitar a quantidade de álcool que consumo faz parte da minha rotina de cuidado com a saúde / Estou gastando menos com bebidas alcoólicas

Base: 1.031 internautas acima de 18 anos que consumiram alguma bebida alcoólica nos últimos 6 meses até janeiro de 2018.

Fonte: Lightspeed/Mintel

Devido à anos de recessão, a economia ainda é um fator principal no Brasil

Apesar de saúde ser um fator global para o consumo moderado de álcool, a necessidade de reduzir os gastos com bebidas alcoólicas é particularmente relevante no Brasil, devido à contínua crise econômica do país. A economia brasileira tem se recuperado de uma recessão iniciada em 2014 e que começou a melhorar em 2017.

A trajetória da economia brasileira tem chance de mudar em outubro de 2018, quando os brasileiros irão eleger um novo presidente. A maioria dos adultos brasileiros pensam que a eleição iminente irá manter a economia estável durante 2019, mas 34% dos adultos brasileiros estão otimistas com uma melhora. O crescimento mais rápido da economia poderia diminuir a necessidade de reduzir os gastos com bebidas alcoólicas, mas os adultos podem continuar motivados a reduzir o consumo pela saúde ou por outras razões.

grafico 2 Mintel

Brasil: expectativas sobre a economia, março 2018

% de internautas brasileiros acima de 16 anos de idade / Penso que a economia permaneça igual entre março de 2018 e 2019 / Penso que a economia melhore entre março de 2018 e 2019 / Penso que a economia piore entre março de 2018 e 2019

Base: 1.500 internautas acima de 16 anos

Fonte: Lightspeed/Mintel

Lançamentos de menor teor alcoólico tem espaço para crescer no Brasil

Para ajudar os consumidores a moderarem seu consumo e/ou gasto com bebidas alcoólicas, os fabricantes podem oferecer mais formulações sem ou com baixo teor alcoólico. Menos de 1% dos lançamentos de bebidas alcoólicas no Brasil continham 0,0%-3,5% de álcool por volume (ABV) de julho de 2013 a junho de 2018. Além disso, a variedade de bebidas alcoólicas com baixo teor alcoólico é limitada, pois cerveja é a única subcategoria que oferece produtos sem ou com baixo teor alcoólico no Brasil.

Além das preocupações com a saúde e os gastos, o aumento na variedade de produtos com baixo teor alcoólico ofereceria mais opções para adultos que se preocupam com beber e dirigir. Em dezembro de 2017, foram instituídas penalidades sérias no Brasil sobre beber e dirigir, o que pode motivar alguns adultos a buscarem mais opções sem ou com baixo teor alcoólico, especialmente quando consomem fora de casa.

Produtos internacionais apresentam uma variedade de potencial para formulações de bebidas com menos teor alcoólico

Produto 1 mintel

Cerveja light e com menos teor alcoólico

Cerveja Heineken Light Lager. Disponível na Indonésia, esta cerveja contém 3,3% de álcool por volume (ABV) por lata de 320ml. O conteúdo ABV é parecido aos produtos Heineken Light disponíveis internacionalmente.

Produto 2 mintel

Sidra com menos teor alcoólico

Nikka Sidra Espumante Genuína de Maçã. Esta sidra japonesa, edição limitada, apresenta uma doçura natural e um gosto frutado de maçãs domésticas. Uma porção de 200ml contém 3% de álcool por volume.

Produto 3 mintel

Bebida alcoólica sabor pêssego

Sapporo x Fujiya Nectar Bebida Alcoólica Sabor Pêssego. A cervejaria japonesa, Sapporo, colaborou com a empresa de sucos, Fujiya Nectar, para uma bebida alcoólica saborizada feita com 10% de compota de pêssego japonês branco. Uma porção de 350ml contém 3% ABV.

As marcas podem desenvolver uma série de opções de ABV

Além de criar novos produtos com teor alcoólico reduzido, as empresas podem variar os níveis de álcool por volume (ABV) em seus inventários para ajudar os adultos a escolherem produtos que se encaixem com suas preferências ou ocasiões específicas. Por exemplo, Lemon-Do é uma bebida alcoólica saborizada, lançada pela The Coca-Cola Company no Japão, que oferece três sabores, cada um com ABVs diferentes.

Oferecer uma variedade de níveis de ABV, pode ajudar as marcas a atraírem jovens adultos que mostram uma tendência de consumir menos álcool do que as gerações mais velhas. No Brasil, isto inclui os millenials mais jovens, uma geração nascida entre 1982 e 1998, e os membros mais velhos da geração I, que estão chegando na idade legal de 18 anos. Adultos jovens são mais atentos a manter o controle e evitar constrangimentos em posts nas mídias sociais, e marcas com álcool reduzido podem garantir que tenham uma maneira mais segura de se socializarem com menos riscos de intoxicação.

Formulações híbridas podem abordar objetivos de moderação

Outras opções para reduzir o conteúdo alcoólico são bebidas híbridas não-alcoólicas e alcoólicas que oferecem sabor realçado, assim como níveis mais baixos de ABV. Os adultos mais jovens do Brasil, com idade legal para consumo de bebidas alcoólicas (18 anos) são mais suscetíveis a estarem interessados em bebidas alcoólicas prontas misturadas com bebidas não-alcoólicas, do que 31% de todos os consumidores de álcool adultos.

Os fabricantes podem desenvolver mais produtos para combinar suco, bebidas gaseificadas e outras não-alcoólicas com bebidas alcoólicas para criar produtos mais saborosos, mas que também contenham menos álcool por volume. Mundialmente, suco é uma adição não-alcoólica comum para bebidas alcoólicas, como o drink shandygraff, uma mistura de cerveja e suco, e bebidas alcoólicas saborizadas feitas com suco misturado com essências, vinhos ou malte.

Frutas cítricas e tropicais têm o potencial de atrair os brasileiros

Marcas de bebidas alcoólicas podem tirar inspiração de sabor dos sucos híbridos e bebidas alcoólicas a partir dos sabores de sucos mais populares no Brasil.

Mintel Imagem 3

% de internautas brasileiros que consomem sucos / 69% laranja / 59% maracujá / 52% uva / 47% manga / 38% goiaba

Base: 1.483 internautas acima de 16 anos que consumiram suco nos últimos 12 meses até abril de 2018

Fonte: Lightspeed/Mintel

Sucos de frutas agregam sabor e diminuem o conteúdo alcoólico

Produto 4 mintel

Metade maracujá, metade cerveja

Schöfferhofer Mix Maracujá e Cerveja de Trigo. Este produto alemão é descrito como um mix frutado de cerveja fresco, contendo 50% de cerveja de trigo e 50% de bebida saborizada de maracujá. Contém 2,5% ABV por garrafa de 330ml.

Produto 5 mintel

Bebida Rica em Uvas Vermelhas

Takara Oishii Chu-Hi Bebida de Licor Premium rica em Uva Vermelha. A marca japonesa, Takara Shuzo, lançou uma bebida alcoólica saborizada feita com 50% de suco de fruta, incluindo suco de uva e compota de uva. Contém 3% ABV em cada lata de 335ml.

Produto 6 mintel

Mix de cerveja cítrica

Veltins V+ Cerveja Saborizada de Toranja com Toque de Limão. Este mix alemão contém 38% de cerveja e 62% de bebida refrescante feita com quase 8% de fruta, incluindo sucos de toranja rosa, limão e laranja. Contém 2% ABV por lata de 500ml.

A oportunidade

À medida em que o Brasil adere à tendência mundial de consumo mais moderado de bebidas alcoólicas, os fabricantes brasileiros podem expandir a variedade de produtos com menos álcool disponíveis no mercado. As empresas podem olhar para outros países para se inspirarem em produtos com menos teor alcoólico, como bebidas que oferecem níveis variados de álcool por volume ou criando novas bebidas híbridas não-alcoólicas e alcoólicas. Inovações de bebidas menos alcoólicas podem ajudar os adultos a se manterem ativos na categoria alcoólica, sem deixar de reduzirem a quantidade de álcool que consomem ou quanto gastam com bebidas alcoólicas.

Matéria exclusiva, disponibilizada por Mintel

 

                             

                             

                             Contato

                             Política de Privacidade

                             Mapa do Site

                             Login Diretório

                             Credenciamento

          

            

 

                              

  

Newsletter

Eu aceito receber comunicações da promotora e de parceiros.
Sim, li e concordo com a política de privacidade