Notícias

Cereais quentes apresentam uma variedade de oportunidades regionais

Cereais quentes apresentam uma variedade de oportunidades regionais

Oportunidades de inovação no mercado de cereais quentes incluem a opção de uma variedade de grãos locais e regionais, substituindo a base tradicional de aveia

Sabor na América do Norte, mingau = aveia

Nos EUA e Canadá, a maioria dos lançamentos de mingaus são à base de aveia, influenciados em parte pela sua reputação como fonte de fibras e de outros benefícios à saúde. Também existe uma tradição já estabelecida que associa mingau quente à saúde, influenciada pela longa popularidade de marcas como Quaker Oats (estabelecida em 1901).

Contudo, interesse crescente em multigrãos e alimentação saudável levou à introdução de outros cereais quentes, incluindo aqueles com quinoa, fubá, farinha de milho, ou centeio. Uma oportunidade para os fabricantes de cereais é expandir a variedade de ingredientes base, impulsionando grãos mais antigos como amaranto ou painço.

ESTATÍSTICA: 93% dos cereais quentes lançados na América do Norte desde 2016 são à base de aveia

Cereais quentes na América do Norte…além da aveia

Cereal quente de quinoa

Ancient Harvest Flocos de Quinoa. Este produto, dos EUA, contém 100% grão integral com 46g ou mais de grãos integrais por porção.

 

Mais aveia

Post Great Grains Cereal Quente Instantâneo de Multigrãos e Açúcar de Bordo & Mascavo. Dos EUA, este cereal contém aveia, cevada, trigo, quinoa, centeio e sementes de linho.

 

"Que nem aveia, mas, melhor"

The GFB Gluten Free Power Breakfast de Bordo e Passas. Este produto dos EUA é vendido como “um passo além da aveia”. Contém cânhamo, linho e frutas secas sem açúcares refinados.

Explorando grãos e cereais com uma história convincente

Nos EUA e Canadá, um grande número de fabricantes regionais e até locais estão produzindo cereais quentes à base de grãos. O interesse em fontes locais de alimentos tem crescido com constância, conforme os consumidores buscam produtos de cultivadores e produtores “verdadeiros”, e que oferecem um seguro de qualidade dos alimentos. Este foco, quantificado pela Tendência Locavore da Mintel, aponta a um aumento de oportunidades para novos produtos de cereais quentes.

Os consumidores estão interessados em alimentos produzidos localmente, em parte como um modo de apoiar a economia local, e em parte por causa de suas percepções sobre a salubridade desses produtos. Também há o contexto “a história por detrás”, associada com os alimentos produzidos localmente, como descritos em “Mintel’s based” pelas tendências baseadas em uma História Real da Mintel. As marcas podem explorar produtores e cultivadores locais, compartilhando suas histórias com os consumidores que buscam autenticidade e ingredientes mais saudáveis.

 

Explorando o foco em aveia de cereais quentes da América Latina

Os lançamentos de cereais quentes na América Latina, assim como seus companheiros norte-americanos, tendem a preparações à base de aveia. O interesse dos consumidores em ingredientes locais, como grãos de caruru e cañihua, geram oportunidades para os fabricantes introduzirem uma variedade maior de cereais quentes, explorando tradições regionais e apoiando cultivadores locais.

O mercado do café da manhã no Brasil exemplifica algumas das oportunidades para os fabricantes de cereais quentes: o café da manhã é uma rotina apreciada por 98% dos brasileiros. E 68% dos brasileiros consideram que o café da manhã é o momento do dia perfeito para escolhas saudáveis na alimentação.

ESTATÍSICA: 77% dos cereais quentes na América Latina são à base de aveia desde 2016

Inovações da América Latina além dos produtos à base de aveia

Aveia com um toque regional

Quaker Aveia com Sementes Andinas. Este cereal peruano contém aveia com grãos de caruru cañihua e fava em pó.

Uma variedade de grãos e texturas

Quaker Aveia Multi-Sementes com Chia, Linhaça, Quinoa Vermelha, Amendoim e Amêndoas. Do Chile, este produto contém aveia integral, semente de linho, sementes de linhaça, quinoa vermelha, sementes de chia, amendoim e amêndoas triturados.

Cereal quente à base e milho

Maga Tender Cereal de Maizena com Coco Orgânico. Este cereal quente de Porto Rico usa milho como base ao invés de aveia, e inclui coco orgânico.

Olhar o Brasil para oportunidades de crescimento

Sendo o maior mercado na América Latina, o Brasil apresenta bastante oportunidade para vários produtos de alimentação. A frequência com que os brasileiros comem o café da manhã em casa sugere que é um mercado significativo para novos produtos cereais.

Um terço dos brasileiros estão dispostos a pagar mais por alimentos mais saudáveis. Devido ao abandono de produtos açucarados em outros mercados da América Latina (México, Chile), existe uma oportunidade para promover aspectos qualidades saudáveis nos cereais quentes.

(Brasil: frequência do café da manhã em casa, por idade, 2017. % de consumidores. Todos os dias; 3-6 vezes por semana; 1-2 vezes por semana; 2-3 vezes por mês; uma vez por mês ou menos; nunca nos últimos seis meses. Base: 1.500 internautas acima de 16 anos. Fonte: Lightspeed/Mintel)

 

Lançamentos de mingaus europeus usam diversidade de grãos

Setenta e três por cento dos cereais quentes lançados na Europa, desde julho de 2016, são à base de aveia, diferenciando este mercado das Américas, que investem mais neste ingrediente.

Outras bases para cereais quentes incluem centeio, arroz, quinoa (cujo interesse tem crescido em diversas categorias), espelta e trigo sarraceno. Muitos dos mingaus populares incluem uma mistura de ingredientes de grãos, oferecendo texturas e sabores mais interessantes.

A Europa fornece uma série de ideias para a inovação de cereais, em parte por ter muito mais atividades em inovação: mais do dobro de cereais quentes foram lançados na Europa entre julho de 2016 e junho de 2018, comparado à América do Norte e Latina juntas.

(Europa: top 10 grãos/cereais usados em lançamentos de cereais quentes, julho de 2016 a junho de 2018. % de lançamentos. Aveia; centeio; arroz; flocos de cevada; quinoa; cevada; farelo de aveia; espelta; trigo sarraceno; flocos de trigo)

 

Lançamentos criativos de cereais quentes na Europa

Aveia e quinoa

7-Eleven Mingau de Aveia e Quinoa com Pedaços de Cacau, Coco Torrado e Framboesa. Este produto dinamarquês diz levar apenas três minutos para o preparo, é orgânico e "satisfatório."

Muitos, muitos grãos

Dobrodiya Mistura de Super Flocos 5 Cereais + 7 Cereais. Da Ucrânia, este produto contém sementes de linho, proteínas, ácido linoleico, potássio, magnésio, cálcio e fósforo.

Espelta e frutas secas

Schapfen Mühle Mingau de Espelta com Arônia e Ginja. Da Alemanha, este produto é fonte de fibra alimentar, e é feito com grãos de espelta selecionados e pedaços de frutas secas.

Tradições de mingau variam na Europa

Enquanto os lançamentos de mingaus são mais frequentes na Europa do que em outras regiões, é notável que o consumo de cereais quentes varia em cada país e é evidente que o clima e tradição determinam tanto a inovação quanto o consumo.

Nos últimos anos, os principais países europeus para a inovação de cereais quentes tem sido Reino Unido, Alemanha, Polônia, Rússia e República Checa. No Reino Unido, 37% dos consumidores comem mingau ou aveia, assim como 40% dos consumidores poloneses. Isto se compara a apenas 5% dos consumidores italianos e franceses.

Tanto na Itália quanto na França, as tradições de café da manhã tendem a opções mais leves, e períodos mais longos de temperaturas quentes, resultando em menos opções quentes para o café da manhã do que nos países ao norte.

(Mercados europeus específicos: consumo de cereal quente, 2017. Polônia; Alemanha; Espanha; França; Itália)

 

A oportunidade

Apesar de que as Américas e a Europa têm tradições fortes com cereais quentes à base de aveia, existe um espaço crescente para inovar com outros grãos, como trigo sarraceno, espelta ou centeio, oferecendo novos sabores e texturas. Também é atraente o interesse em fontes regionais para estes produtos, que oferecem uma história por detrás que pode focar na tradição ou nos alimentos produzidos localmente.

 

Matéria exclusiva, disponibilizada por Mintel 

ubm white

  Conectando pessoas e o mercado global

 

UBM: uma das maiores empresas do mundo em mídia de negócios

Nos mais de 30 países onde realiza seus eventos, a UBM constrói relacionamentos duradouros com especialistas e players do mercado e gera oportunidades que alavancam e fomentam o desenvolvimento da indústria local em âmbito global. Ler Mais

 

Filiada à     

 ubrafe branco

                             

                             UBM Brazil

                             Contato

                             Política de Privacidade

                             Mapa do Site

                             Login Diretório

                             Credenciamento

          

            

 

                              

  

Newsletter

Eu aceito receber comunicações da promotora e de parceiros.
Sim, li e concordo com a política de privacidade