multimídia

Previous Next

Alemanha irá cortar quantidade de açúcar, sal e gordura em comidas industrializadas

A ministra de Alimentação e Agricultura da Alemanha, Julia Klöckner, informou, no último dia 19 de dezembro, que a indústria alimentícia do país irá reduzir a quantidade de açúcar, sal e gordura em comidas industrializadas até 2025. Conforme informações do Deutsche Welle, a redução ocorrerá de forma gradual e voluntária.

A afirmação foi feita ao jornal Bild. Julia também ressaltou que o acordo está sendo feito entre o governo e a indústria alimentícia, com o objetivo de combater o sobrepeso.

Segundo a reportagem, a associação Grain, Mill & Starch, por exemplo, pretende reduzir a quantidade de açúcar em cereais matinais para criança em pelo menos 20%.

Já em outro setor, o Instituto Alemão de Comida Congelada (DTI, na sigla em alemão) não permitirá alimentos que contenham mais de 1,25 grama de sal para cada 100 gramas de pizza. A indústria de panificação também planeja conter os níveis em alguns tipos de pães.

A indústria de bebidas não alcoólicas também entrou na onda. Serão cortados 15% do açúcar em produtos como refrigerantes.

No ramo de laticínios, o iogurte infantil não terá níveis de açúcar superiores aos do iogurte vendido para adultos.

Além disso, os ácidos graxos saturados em confeitos fritos também devem ser reduzidos. O Ministério ainda quer pesquisar como produtos como donuts podem ser fritos de forma a absorver menos gordura.

De acordo com Deutsche Welle, Julia ainda afirmou que novos acordos com outras áreas do setor alimentício devem ser anunciados em breve.

Em contrapartida, a Associação da Indústria Alimentícia Alemã (BLL) vê com preocupação tais medidas. Para o CEO Christoph Minhoff, estipular um limite obrigatório seria "muito crítico". Ele embasou a afirmação defendendo que o consumidor deve ter o direito de comprar os produtos que bem entender.

Em 26 de novembro, o governo brasileiro assinou um acordo com a indústria de alimentos para reduzir o consumo de 144 mil toneladas de açúcar até 2022.

FONTE: GaúchaZH

                             Contacto

                             Política de Privacidad

                             Mapa del Site

                             Registración

Newsletter

Acepto recibir comunicaciones del organizador y sus socios.
Sí, He leído y estoy de acuerdo con la política de privacidad