Notícias

Megatendências Healthy Living e Ethical Living Impulsionam Consumo de Alimentos Frescos

Megatendências Healthy Living e Ethical Living Impulsionam Consumo de Alimentos Frescos

Produtos mais saudáveis ​​estão em ascensão. O desenvolvimento robusto de proteínas à base de vegetais, como nozes e castanhas contribuiu para um impressionante 4% de crescimento do volume de vendas global de produtos frescos em 2017, segundo dados da Euromonitor International. Por outro lado, categorias como ovos, carnes bem como açúcar e adoçantes apresentaram o crescimento mais baixo.  No entanto, o fato de que todas as categorias tenham apresentado crescimento em volume total de vendas é prova que de fato a comida fresca tem uma vantagem sobre suas contrapartes embaladas e processadas em relação aos problemas de saúde, uma vez que os alimentos frescos apresentaram em média um crescimento duas vezes maior que o crescimento em volume total dos alimentos embalados no mesmo ano.

“As tendências de Ethical Living e Healthy Living convergiram e vieram à tona com os escândalos alimentares em 2017. Os mais proeminentes nesse aspecto foram alegadas práticas corruptas de inspeção sanitária no Brasil na categoria de carne bovina e a contaminação de ovos com Fipronil que assolou a Holanda. As acentuadas quedas nas vendas de algumas categorias tendem a ter duração somente no curto prazo, mas alimentam preocupações ao longo prazo sobre determinados produtos e, portanto, há uma urgência mais acentuada para aumentar a transparência e a prestação de contas da cadeia de suprimentos. O surgimento da tecnologia blockchain, que promete um forte padrão de certificação, deve influenciar a indústria de alimentos frescos”, comenta Alexander Kottke, analista de pesquisa da Euromonitor International.

Dada a vitalidade das tendências de interseção que estão afetando o mercado global de alimentos frescos, há ampla margem para que os fabricantes do setor aproveitem as oportunidades para crescer. Em um nível amplo, mudanças na dinâmica demográfica global, como o envelhecimento da população ou o aumento de lares com somente uma pessoa, abrem a possibilidade de crescimento por meio de formatos convenientes, como carne pré-cortada ou embalagem lacrada.

“Esse elemento também pode ser usado para induzir os consumidores a serem mais aventureiros dentro da sua cozinha, o que serviria para impulsionar volumes de alimentos frescos, já que esses produtos formam o núcleo de tais refeições. Por fim, os produtos premium são um caminho para converter o consumo de volume maduro dos mercados desenvolvidos em maior faturamento. Fabricantes e varejistas são, portanto, intimados a olhar além dos limites de seus mercados e a pensar de forma inovadora nessas questões, a fim de atender à crescente demanda global por produtos de maior qualidade”, finaliza Kottke.

Para saber mais sobre o segmento de alimentos, bebidas e ingredientes, cadastre-se para receber newsletters da Euromonitor International: https://bit.ly/2H4vlMa

Matéria exclusiva:  Euromonitor International

ubm white

  Conectando pessoas e o mercado global

 

UBM: uma das maiores empresas do mundo em mídia de negócios

Nos mais de 30 países onde realiza seus eventos, a UBM constrói relacionamentos duradouros com especialistas e players do mercado e gera oportunidades que alavancam e fomentam o desenvolvimento da indústria local em âmbito global. Ler Mais

 

Filiada à     

 ubrafe branco

                             

                             UBM Brazil

                             Contato

                             Política de Privacidade

                             Mapa do Site

                             Login Diretório

                             Credenciamento

          

            

 

                              

  

Newsletter

Eu aceito receber comunicações da promotora e de parceiros.
Sim, li e concordo com a política de privacidade